Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Início » Iodium

Iodium

Casali

Iodium

Autores: V. W.D.Casali, F. M.C.Andrade, E. S.M.Duarte

Livro:  Acologia de Altas Diluições

A preparação básica é feita com o iodo.

A intoxicação aguda com iodo provoca:
a) na mucosa digestória: ardência e irritação levando a vômitos e diarreias.
b) excitação nervosa com vertigem, ambliopia, fraqueza cardiaca e anuria.
c) muco no nariz e brônquios.
d) distúrbios na pele.
e) excitação motora e mental.

Palavra chave:
Magreza, hipertireoidismo. Animais que não ganham peso.

Tropismo Homeopático:
Via digestória/respiratória. Sistema nervoso (central e vegetativo). Tireoide. Testículo/ovário

Patogenesia
Sinais Funcionais:
Excitação do sistema nervoso central e do simpático provocando hipersensibilidade e agitação. Hipertireoidia, aceleração das oxidações, perda de peso, eretismo circulatório, tremores. Glândulas e tecidos linfáticos endurecidos, aumentados, congestionados. Mucosa e serosa com inflamação. Pele com: acne, urticária ou manchas.

Sinais de Exaltação
Sensações:
Garganta arranhada, pulsação no epigástrio, ardor no estômago, constrição na laringe, cócegas ao respirar, coração sendo apertado com mãos de ferro, constrição nos membros.

Sinal Existencial:
Pensamentos suicidas.

Sinais Mentais:
Esquecimento. Preocupações.

Sinais Comportamentais:
Ansiedade e apreensão quando não se alimenta. Comportamento explosivo. Impulsos de correr. Impulsos de praticar atos violentos. Evita pessoas. Valoriza excessivamente seus erros.

Sinais Subconscientes:
Medo de pessoas.

Sinal Emocional:
Tristeza persistente.

Sinais Gerais:
Latejamento na cabeça. Vertigem. Lacrimejamento forte. Pupila dilatada. Movimentação agitada dos olhos. Perda do olfato. Salivação excessiva. Língua com camada branca. Fome voraz e muita sede. Emagrece mesmo comendo muito. Urina esverdeada amarelada. Fraqueza no tórax. Palpitações por mínimo esforço.

Sinais Físicos:
Cefaleia crônica. Coriza (com obstrução nasal ou não). Dor na base do nariz. Gengivas sangrantes. Mucosa bucal com úlceras. Bócio. Gânglios submaxilares com hipertrofia. Dor no baço e fígado. Fezes sanguinolentas. Alterna prisão de ventre com diarreia. Testículos endurecidos. Dores no ovário espetantes. Dor na laringe. Inspiração dificultada. Dor nos ossos dos membros (à noite). Pele: seca, quente, amarelada ou enrugada.

Generalidades
Agrava:
Estando parado, em locais aquecidos, no lado direito.
Melhora:
Andando, ao ar livre, ao comer.

Perfil (Criança):
São impulsivas, agitadas explosivas, pouco propensas a chorar. Repentinamente se tornam: agressivas ou violentas e depois ficam caladas e isoladas. A agitação é acompanhada pela ansiedade, pela fome intensa que não faz engordar. Têm cansaço fácil, transpiram muito e fácil com pouco esforço. Tem muita salivação, muito sangramento nas gengivas, tem gânglios duros, olhos proeminentes, dores ósseas noturnas, mucosa bucal com feridas e péssimo hálito. Com tantos incômodos é justificável ter “estopim curto” e serem reativas.

Indicações
Quadros Comuns
A) Atrofia das Glândulas – Emagrecimento após oxigenoidismo. Diminui a agitação, o apetite, e a intolerância ao calor. Diminui o volume das mamas (surgem nódulos endurecidos), dos testículos e dos ovários (15 a 30CH).
B) Hipertireoidismo – Magreza, agitação, pressa, ansiedade, atividade. Intolerância ao calor, falta de ar, aumento da pressão circulatória, taquicardia, piorando os sintomas com calor, jejum, imobilidade. Frequentemente tem os sintomas: olhos salientes e brilhantes, humor ruim (irritação, impulsos, intolerância a ruídos). Cansaço físico. Dispneia ao fazer exercícios, tendência ao tremor. Dor de cabeça com sensação de faixa no crânio. Sede, sudorese, hipersalivação, sensação de pulsação no estômago. Pele seca, escurecida e envelhecida (9 a 15CH).
C) Hipertrofias – Endurecimento dos tecidos com hipertrofia: gânglios linfáticos, amídalas, adenoides, tireoide, ovários, testículos, glândulas mamárias, glândulas salivares, pâncreas. Agitação, nervosismo, magreza (5 ou 6CH).
D) Mucosas – Oxidações aumentadas. Magreza, agitação, catarro com secreções irritantes, aftas e ulcerações (boca, gengiva), hipersalivação. Tosse seca dolorosa, ardor no estômago (com palpitação local), rouquidão/afonia, coriza, leucorreia aquosa volumosa irritante (6 ou 7CH).
E) Distúrbio na Laringe – Inflamação, dificuldade na aspiração do ar, tosse seca sufocante, dor forte na laringe, angústia, tendência à ulceração (4 ou 5CH).
F) Diarreia – Disfunções no pâncreas, apetite aumentado, magreza, nervosismo, má digestão de gorduras e leite. Arrotos, diarreia gordurosa e clara (6 ou 7CH).
G) Distúrbios Diversos – Urina amareloesverdeada densa. Coriza que desce até o peito. Pneumonia (3D). Vômitos na gravidez. Ovarite. Mamas flácidas e pequenas. Crescimento da adenoide. Escrófula, glândulas endurecidas. Ansiedade que piora sem movimentação física. Marasmo infantil.

Quadros Animais:
Perda de peso apesar de comer bem. Baixa conversão e baixo ganho de peso. Sede intensa. Movimentação intensa. Mamas e tireoide crescidas ou atrofiadas. Ovários pequenos que não funcionam. Transpiração fácil. Tremores (mas prefere locais frios). Lentidões das respostas vitais. Excesso de catarro. Pneumonia. Distúrbios dos brônquios. 4D, 2CH, 12D, 30D, 6CH, 12CH.
Atenção:
A pessoa se alimenta bem mas continua emagrecendo. Pessoas magras, face alongada (com pele seca, amarelada), e que valorizam doentiamente seus erros.

Homeopatias complementares:
Badiaga, Lycopodium.

Homeopatias Sucessoras:
Aconitum, Argentum nitricum, Calcarea carbonica, Calcarea phosphorica, Kali bromatum, Lycopodium, Mercurius, Phosphorus, Pulsatilla.

Antídotos:
Antimonium tartaricum, Apis mellifica, Arsenicum, Aconitum, Belladona, Camphora, China, Chininum sulfuricum, Coffea, Ferrum, Graphites, Gratiola, Hepar sulphur, Opium, Phosphorus, Spongia, Sulphur, Thuya.

Dinamizações:
1CH a 6CH, 30CH.

Proximidades:
Yatren, Carbolic acidum, Bromum, Hepar sulphur, Mercurius, Phosphorus, Abrotanum,

Iodium

Autor: Dr. S. R. Phatak 

Obra:  Matéria Médica Concisa

Generalidades:
O iodo tem grande ação absorvente, que é rápida e intensa; músculos, gordura, tecidos e glândulas se desgastam e o resultado é uma emaciação geral. GLÂNDULAS; TIREÓIDE, testículos, mesentéricos e mamários, primeiro ficam INCHADOS, DUROS e pesados, depois começam a diminuir. Novos crescimentos e hiperplasias ficam sob sua ação quando seu crescimento é rápido. Tremor dos membros ou de todo o corpo. Carne fraca e perdendo rapidamente; mesmo com bom apetite. SENTE SEMPRE MUITO QUENTE. Grande debilidade, o menor esforço induz à transpiração; não consegue falar, fica sem fôlego ao subir escadas. Exacerbações agudas da inflamação crônica. deformantes artríticos com articulações inchadas; após ataque agudo de reumatismo. As secreções são quentes, ácidas ou aquosas, persistentes ou salgadas. CATARRO AGUDO DAS MEMBRANAS MUCOSAS esp. LARINGE e pulmões, pneumonia com extensão rápida. vasoconstrição, causando edema, equimoses, hemorragias. Degeneração vascular. Atrofia ou endurecimento dos testículos, ovários, útero. Desperdiçar doenças de pacientes escrofulosos. Adenóides. Bócio. Doenças pancreáticas. Afecções artríticas. Tuberculose. Afecções do tecido conjuntivo, com torpidez e pouco pus. Pulsações gerais ou pulsações locais em grandes vias arteriais. Queimando. Infiltração. Cócegas internas. Efeitos nocivos do choque nervoso, amor desapontado. Exsudação plástica. Paralisia facial ou epilepsia, por supressão do bócio. Emaciação, com aumento glandular. Só se sente bem comendo; em qualquer estado de doença. Reação lenta, daí a cronicidade de muitas afecções. Adequado para meninos crescidos, com peito fraco e pessoas idosas. Desperdiçar doenças de pacientes escrofulosos. Adenóides. Bócio. Doenças pancreáticas. Afecções artríticas. Tuberculose. Afecções do tecido conjuntivo, com torpidez e pouco pus. Pulsações gerais ou pulsações locais em grandes vias arteriais. Queimando. Infiltração. Cócegas internas. Efeitos nocivos do choque nervoso, amor desapontado. Exsudação plástica. Paralisia facial ou epilepsia, por supressão do bócio. Emaciação, com aumento glandular. Só se sente bem comendo; em qualquer estado de doença. Reação lenta, daí a cronicidade de muitas afecções. Adequado para meninos crescidos, com peito fraco e pessoas idosas. Desperdiçar doenças de pacientes escrofulosos. Adenóides. Bócio. Doenças pancreáticas. Afecções artríticas. Tuberculose. Afecções do tecido conjuntivo, com torpidez e pouco pus. Pulsações gerais ou pulsações locais em grandes vias arteriais. Queimando. Infiltração. Cócegas internas. Efeitos nocivos do choque nervoso, amor desapontado. Exsudação plástica. Paralisia facial ou epilepsia, por supressão do bócio. Emaciação, com aumento glandular. Só se sente bem comendo; em qualquer estado de doença. Reação lenta, daí a cronicidade de muitas afecções. Adequado para meninos crescidos, com peito fraco e pessoas idosas. Pulsações gerais ou pulsações locais em grandes vias arteriais. Queimando. Infiltração. Cócegas internas. Efeitos nocivos do choque nervoso, amor desapontado. Exsudação plástica. Paralisia facial ou epilepsia, por supressão do bócio. Emaciação, com aumento glandular. Só se sente bem comendo; em qualquer estado de doença. Reação lenta, daí a cronicidade de muitas afecções. Adequado para meninos crescidos, com peito fraco e pessoas idosas. Pulsações gerais ou pulsações locais em grandes vias arteriais. Queimando. Infiltração. Cócegas internas. Efeitos nocivos do choque nervoso, amor desapontado. Exsudação plástica. Paralisia facial ou epilepsia, por supressão do bócio. Emaciação, com aumento glandular. Só se sente bem comendo; em qualquer estado de doença. Reação lenta, daí a cronicidade de muitas afecções. Adequado para meninos crescidos, com peito fraco e pessoas idosas.

Piora:
CALOR DE; sala; ar; envoltórios. Esforço; subindo,falando. Jejum. Noite. Descansar. Tocar.Pressão.

Melhora:
FRIO; AR; tomando banho. Caminhar ao ar livre. Comendo. Sentando-se.

Mente:
Ansiedade; sobre o presente (sem referência ao futuro); quando quieto. Abatido, com tendência a chorar ou intoleravelmente CRUIZ E INQUIETADO. Excitado. Impulso repentino de correr e fazer violência, mas o movimento piora e esgota, melhor se estiver ocupado. Acha que está bem. Temer; de pessoas; de médico; evita todo mundo. Tendência suicida. Irritável; esquece o que deve ser falado ou feito, não sabe o quê. Não entende por que ele fez alguma coisa em particular. Tendência para fazer algumas coisas estranhas sem nenhuma causa, para matar alguém, para se matar. O coração palpita ao pensar em erros reais ou imaginários.

Cabeça:
Reverberações na cabeça. Pulsação, fluxo de sangue e sensação de uma faixa apertada. Vertigem; congestiva crônica. Dores de cabeça de pessoas idosas, pior no ar quente, fadiga, andar rápido, andar de carro. Cérebro como se fosse mexido com uma colher.

Olho:
Protuberante. Movimentos convulsivos e tremores dos olhos; das pálpebras inferiores. Lacrimação profusa. Dacriocistite aguda. Olhando com os olhos bem abertos; as pálpebras parecem estar retraídas.

Ouvidos:
Surdez crônica com aderências no ouvido médio. Catarro de Eustáquio.

Nariz:
Dor na raiz do nariz e seios frontais. Coriza pior ao ar livre. Nariz vermelho e inchado; espirros muito e repentinos, com gotejamento de água quente. Ingurgitamento nasal agudo associado à hipertensão arterial. Alae como se estivessem bem separados. Resfriados descendentes.

Face:
Murcho, acastanhado, pálido ou escuro; olhar miserável. Frieza de rosto em crianças carnudas. Paralisia facial, após redução do bócio.

Boca:
Profusa saliva fétida e ensaboada. Sabor metálico. Úlceras fétidas; aftas. Odor ofensivo da boca. Língua; hipertrofiado, doloroso, nodular ou fissurado.

Garganta:
Constrição, impedindo a deglutição. Queimação e raspagem na garganta. Bócio; duro, com sensação de constrição. Úvula inchada. Glândulas submaxilares inchadas.

Estômago:
Fome voraz; ainda emacia; ou apetite variável; com sede. Fica ansioso ou preocupado se não comer. Beber leite frio melhora a constipação. Pulsação na boca do estômago. Gosto amargo para alimentos sólidos, não para bebidas. Soluço. Eructações vazias.

Abdome:
Fígado e baço aumentados e doloridos. Fezes; espumoso, soro de leite, gorduroso, queijo ou lientérico; afecções pancreáticas. Tremor no abdômen. Diarréia matinal crônica de crianças emaciadas e escrofulosas. Icterícia; olhos, pele, unhas amarelas. Inchaço das glândulas mesentéricas.

Urinário:
Micção freqüente e copiosa; urina; escuro, amareloesverdeado, leitoso, com cutícula variegada em sua superfície. Sedimento como pimenta vermelha. Incontinência em idosos com aumento da próstata. Líquido branco leitoso sai da uretra após as fezes.

Macho:
Testículos inchados e endurecidos. Torção no cordão espermático. Atrofia dos testículos; com perda de poder sexual. Sarcocele. Hidrocele.

Fêmea:
Grande fraqueza durante a menstruação. Menstruação; marrom; renovado após cada evacuação. As mamas diminuem e ficam flácidas. Dor em cunha do ovário ao útero. Nodosidades na pele das mamas com pontos pretos. Leucorréia; coxas e linho acre e corroído; pior durante a menstruação. Mamães pesadas; como se fosse cair. Esterilidade por atrofia de ovários e mamas.

Respiratório:
Rouquidão dolorosa e sufocante; criança agarra a garganta enquanto tosse. Laringite. Difteria. Tosse seca, com cócegas e croupy. Respiração curta esp. ao subir. Edema de glote. Expectoração, de elenco de laringe; ou de muco manchado de sangue. Voz áspera. Cócegas em todo o peito. Brônquios crus. Congestão pulmonar violenta. Pneumonia, hepatização se espalhando rapidamente com alta temperatura e ausência de dor. Efusão pleurítica. Asma, respira pesadamente quando quieto. Coceira na parte inferior dos pulmões atrás do esterno.

Coração:
Sente-se espremido; como se por uma faixa de ferro seguida de grande fraqueza e desmaio. Palpitação pior menos esforço. Sensação de vibração ou ronronar no coração. Taquicardia. Miocardite. Pulsação em grandes troncos arteriais.

Pescoço e costas:
Inchaço do pescoço ao falar; cresce grosso.

Extremidades:
Afecções artríticas crônicas; articulações rígidas e aumentadas. Sinovite. Mãos e pés frios. Suor acre na parte de trás dos pés. Edema dos pés. Dorso das mãos; marrom; como se estivesse inchado; doloroso ao virar a mão, não ao fechar os dedos. Calos dolorosos.

Dormir:
Inquietação no sangue, impede o sono. Febre Hiperpirexia; ou frieza externa com ansiedade ou estupor. Febre frenética. Ondas de calor por todo o corpo; ondas de calor na cabeça. Sua facilmente. Suar de manhã cedo melhor.

Pele:
Quente, seco, sujo; manchas marrons. Nodosidades na pele. Anasarca de doença cardíaca. Comichão e comichão em espinhas, em cicatrizes antigas. Cicatrizes se abrem.

Relacionado:
Ars; Fl-ac; Fos; Esponja

Complementar:
Lyc; Silicea

Iodium

Autor:  Nilo Cairo

Obra:  Guia de Medicina Homeopática

Sinonímia:
lodium. Paciente magro, face alongada, seca, amarelada e cabelos pretos. Come bem, mas emagrece cada vez mais: alívio por comer. Marasmo infantil. Tuberculose mesentérica. Caquexia das moléstias crônicas. Diarreia gordurosa, pancreatite crônica. Ansiedade do espírito e do corpo agravada pelo repouso.
Hipertrofia e endurecimento das glândulas — tiróide (papeira), seios, ovários, testículos, útero, próstata, gânglios linfáticos, sobretudo do pescoço. Escrófula. Vegetações adenóides. Dores profundas agravadas pelo calor. Útil nas exacerbações agudas das inflamações crônicas. O DR. LAMBRECHTS gaba muito a 3.ª trituração decimal do lodum (25 centigramas por dia em três doses) no tratamento da asma. Edema da glote. Cefaléia ou vertigem congestiva crônica dos velhos. Vômitos da gravidez (remédio muito seguro). Ovarite. Remédio dos seios frouxos e atrofiados. Evita a recorrência da mola. Aftas e ulcerações da mucosa bucal. Surdez catarral. Um grande remédio da pneumonia (3.ªx). Pneumonia estendendo-se rapidamente. Coriza que desce para o peito. Tosses crônicas suspeitas, simulando a tísica; pneumonia retardada e prolongada. Prisão de ventre com desejo ineficaz e urgente, melhorada pelo uso de leite frio. Diarreias alternando com a prisão de ventre. Urina amarelo-esverdeada, espessa, acre e com cutícula superficial. MAGRAY aconselha-o nas lombrigas, quando Santoninum falha.

Ponto de Weihe :
Meio da linha que une a ponta do apêndice xifóide à cicatriz umbilical.

Complementares :
Bad. e Lycop.

Remédios que lhe seguem bem:
Acon., Argent. nit., Cal., Calc. phosph., Kali brom., Lycop., Merc., Phosph. e Pulsatilla.

Antídotos:
Ant. Tart., Apis, Ars., Acon., Bell., Camph., China, Chin. Sulph., Coffea, Fer., Graphites, Gratiola, Hep., Op., Phosph., Spong., Sulph. e Thuya.

Dose:
1.ª à 6.ª e mesmo a 30.ª.

Uso externo:
Para pincelar feridas, sem usar água de espécie alguma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar Artigos
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Buscar por Autor

Veja mais Artigos