Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Início » Kalmia latifolia

Kalmia latifolia

Casali

Kalmia latifolia

Autores: V. W.D.Casali, F. M.C.Andrade, E. S.M.Duarte

Livro:  Acologia de Altas Diluições

A preparação básica é feita com a planta “loureiro da montanha”, família Ericaceae.

Palavra chave:
Reumatismo, coração, sensações de paralisia.

Patogenesia
Sinais Funcionais:
Dores nas articulações ou nos músculos. Dores nos nervos que vão do centro à periferia. Pulso lento e batimentos fracos. Erupções tipo herpes ou tipo vesículas.

Sinais de Exaltação
Sensações:
Fraqueza, dormências localizadas, fragmentação do esterno e faringe após cada batimento do coração, periósteo sendo arrancado, rigidez e repuxo dos olhos ao tentar movêlos, queimação do estômago.

Generalidades
Agrava:
Ao inclinar afrente, ao olhar abaixo, ao movimentar, ao ar livre, antes de trovoadas.

Indicações
Quadros Comuns:
A) Dores
1) 7 a 30CH – Dores agudas ou crônicas (latejamento do centro até a periferia), com sensação de fraqueza, agravando com movimento, melhorando após a alimentação. Sensação de anestesiamento local piorando à noite. Pode haver tremor e endurecimento da pele na região dolorida.
2) 5 a 9CH – Dor de estômago. Com pulso lento, com melhora ao sentar e ao se alimentar. Sensação de pressão que vai até o coração e enjoos.
3) 7 a 30CH – Dor no tórax ou nos olhos. Agrava seguindo o movimento do sol até o início da noite.
4) 5 ou 6CH – Dor no coração, latejante, que afeta a respiração, causando adormecimento do braço esquerdo e pulso lento. O latejamento pode atingir o abdome e o braço esquerdo.
B) Reumatismo (6 a 9CH) – Crônico ou subagudo, nas articulações ou nos músculos com dores atingindo todos os membros, mas mudando de lugar repentinamente, piorando com movimento e com estômago vazio, melhorando com tempo encoberto. Frequentemente a dor muda de local, descendo dos braços até os pés, com adormecimento, pulso lento, fraqueza dos membros. Pode haver dores ósseas, dor de cabeça, vertigem e tremor.
C) Distúrbios Diversos – Reumatismo que muda, transtornos cardíacos consequentes das supressões. Inflamação das válvulas, dor no peito, palpitações, pulso lento e dispneia. Transtornos cardíacos dos fumantes. Anginas. Dores da face, lentidão ao locomover, reumatismo do ombro, febres renitentes (com timpanismo), dor de estômago que melhora ao ficar de pé.
Atenção:
Dores que irradiam descendo (sempre), associadas a dormências. Albuminuria. Dores que aumentam ao mover os olhos. Dores que impedem respirar. Dores lombares nervosas. Distúrbios cardíacos de fumantes.

Homeopatias Sucessoras:
Lithium carbonicum, Lycopodium, Calcarea carbonica, Natrum muriaticum, Pulsatilla, Spigelia.

Antídotos:
Aconitum, Belladona e Spigelia.

Duração:
7 a 14 dias

Outras denominações:
Cistus chamaer holodendrus, Comeadaphne foluslina, Ledum flodibus bullatis. Proximidades: Spigelia, Pulsatilla.

Complementar:
Benzoicum acidum.

Kalmia latifolia

Autor: Sr Phatak 

Obra:  Matéria Médica Concisa

Generalidades:
Kalmia afeta os NERVOS, CORAÇÃO, circulação. As dores são nevrálgicas, com formigamento, dormência; fraqueza trêmula ou paralítica. As dores mudam rapidamente; disparando para fora ao longo dos nervos; com muita náusea e pulso lento. Sensação de rigidez dolorida e machucada. Lacrimejamento surdo, dor esmagadora, movendo-se para baixo; dor alternada, com sintomas cardíacos, ou entre membros superiores e inferiores. Reumatismo, sifilítico. Neuralgia, após o desaparecimento das erupções herpéticas. A moção traz reclamações. Albuminúria. Grande fraqueza com neuralgia.

Piora:
Movimento. Deitado do lado esquerdo. Inclinada para frente. Olhando para baixo. Aquecer; de sol. Ficando frio. Com o sol. Nascer ao pôr do sol. Inclinando-se. Durante a leucorréia.

Melhora:
Comendo. Tempo nublado. Movimento continuado. Postura reclinada.

Mente:
A memória e as faculdades mentais são perfeitas em uma postura reclinada.

Cabeça:
Vertigem; com dor de cabeça, cegueira, dores nos membros e cansaço; pior curvado; olhando para baixo. O estalo na cabeça o assusta, envia um som nos ouvidos como o sopro de uma buzina. A dor de cabeça piora e melhora com o sol. Espalhando da nuca ao vértice e face. Dor supra-orbital enlouquecedora; (certo).

Olhos:
Sensação de desenho rígido ao mover os olhos. A visão fica preta ao olhar para baixo. Irite. Esclerite. Pálpebras rígidas. Retinite albuminúria esp. durante a gravidez.

Ouvidos:
Soa como o toque de uma buzina.

Nariz:
Coriza; com aumento do olfato.

Face:
Rubor de vertigem. Neuralgia pior lado direito; da exposição ao frio; Melhor comida. Pontos e rasgos nos ossos da mandíbula. Lábios; duro, seco, inchado.

Boca:
Pontos na língua. Formigamento na glândula salivar. Gosto amargo, com náuseas melhor comer. Sensação de cansaço nos músculos da mastigação.

Estômago:
Dor na boca do estômago pior inclinando-se para a frente melhor sentando-se ereto. Sensação como se algo estivesse sendo pressionado sob o epigástrio. Vinho melhor vômito.

Urinário:
Albuminúria; com dores nos membros inferiores. Micção frequente de grande quantidade de urina amarela; dor de cabeça melhor.

Fêmea:
Menstruação suprimida, com fortes dores nevrálgicas por todo o corpo. Leucorréia; uma semana após a menstruação; os sintomas pioram durante a leucorréia.

Coração:
Coração palpitante de ansiedade. Dores; tiro agudo e ardente, esfaqueamento, irradiando para a escápula e braço esquerdos; tirar a respiração, com pulso lento Palpitação pior inclinando-se para a frente; até a garganta, depois de ir para a cama, tremendo todo, visível; pior deitado do lado esquerdo; melhor deitado de costas. Hipertrofia; insuficiência valvular. Obstrução aórtica. Coração de tabaco. Pulso lento, fraco, trêmulo.

Pescoço e costas:
Dor do pescoço para baixo do braço; braquialgia. Dor nas costas, como se fosse quebrar. Dor lombar de origem nervosa; com calor e ardência.

Extremidades:
Deltóide reumatismo_certo. As dores afetam grande parte do membro. Fraqueza, dormência, formigamento e sensação de frio nos membros. Formigamento e dormência no braço esquerdo (dores no coração). Dores ao longo do nervo ulnar no dedo mínimo ou quarto dedo. Articulações, vermelhas, quentes, inchadas.

Dormir:
Sem dormir; vira frequentemente; acorda muito cedo pela manhã.

Febre:
Febres prolongadas e contínuas, com timpanites.

Pele:
Duro; seco.

Relacionado:
Acon; Escavação; Rus-t; Spigelia

Complementar:
Benz-ac; Spigelia

Kalmia latifolia

(Loureiro-da-montanha)

Autor: Sr Nilo Cairo

Obra: Guia de Medicina Homeopática

Sinonímia:
Comeadaphne foliis lina, Cistus chamaer holodendros, Kalmia e Ledum flodibus bullatis. Pertence às Ericaceae. Reumatismo errante e moléstia do coração consecutiva. Excelente remédio para as moléstias cardíacas consequentes à supressão do reumatismo por aplicações externas, inflamações valvulares, pericardite, dores, palpitações, pulso lento, fraco e dispneia. Entorpecimento do braço esquerdo. Coração dos fumantes. Aortite tabágica. Angina de peito. Nevralgia da face, pior à direita. Ataxia locomotora. Esclerite. Dores lombares nervosas. Um bom remédio do reumatismo do ombro. Dores fulgurantes da tabes. Febres contínuas rebeldes, com timpanismo. Dor na boca do estômago, que melhora pela posição ereta. Agravação antes das trovoadas.

Ponto de Weihe:
No bordo superior da aréola do bico do peito, lado esquerdo.

Complementares:
Benz. acid.

Remédios que lhe seguem bem:
Calc., Lith., Lycop,, Nat. mur., Puls. e Spigelia.

Antídotos:
Acon., Bellad. e Spigelia.

Duração:
7 a 14 dias.

Dose:
Tint.-mãe à 6.ª.

logo-naturoergos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar Artigos
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Buscar por Autor

Veja mais Artigos