Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Início » Mezereum

Mezereum

Casali

Mezereum

Autores: V. W.D.Casali, F. M.C.Andrade, E. S.M.Duarte

Livro:  Acologia de Altas Diluições

A preparação básica é feita com a planta “Mezerão”, família Thymelaceae.

Palavra Chave:
Ossos, erupções, nevralgias.

Patogenesia
Sinais Funcionais:
Irritação com ardência e prurido na pele. Irritação das mucosas com ardência e tendência a ulcerar. Nevralgias e dores ósseas ou ao redor dos ossos.

Sinais de Exaltação
Sensações:
Desmaio começando pelo estômago (causado pelas emoções), queimação na língua, queimação no estômago, intumescimento do periósteo, tensão nos músculos ou tendões, entorpecimentos locais, dentes crescidos, olhos avolumados, frialdade nas órbitas oculares, fadiga das articulações, queimação nos músculos, ouvidos muito abertos, frialdade óssea, rigidez dos ossos, ardência na traqueia.

Generalidades
Agrava:
À noite, com frio, com alimentos quentes, com movimentação.
Melhora:
Ao ar livre.

Perfil (Criança):
São crianças raivosas, explosivas, exageradas, desesperadas, hipocondríacas, humor instável (ora veementes ora tristes). Reclamam de queimações e ardências. Elas preferem alimentos pesados e têm erupções inclusive pós-vacina. São afetadas por cáries nos dentes, inflamações na boca, dor nos ossos, coceiras no rosto (com vermelhão).

Indicações
Quadros Comuns:
A) Pele – Irritação com ardência e prurido. Erupções com vesículas ou pápulas de crosta marron ou preta. Havendo pus, as crostas são grossas e de cor clara. Agravamento do prurido acontece em ambiente quente e das erupções acontece após lavar. Geralmente o pus é claro ou amarelo, irritante e fétido. Geralmente as erupções se localizam na face, no couro cabeludo, nos membros e, quando surgem, os outros distúrbios são amenizados. É possível surgir ulcerações.
B) Mucosas – Secreções nasais tipo irritantes. Queimação na traqueia e nos brônquios, com tosse agravando após comer ou beber algo quente (4 ou 5CH).
C) Sistema Nervoso – Nevralgia ardente que piora com frio úmido ou água fria, com toque e com o anoitecer, melhorando após vestir roupas quentes. Tremor muscular. A nevralgia ocorre principalmente nos locais:
a) Face – com sensação de anestesiamento e com prurido, piora ao mastigar, ao falar, após vexames.
b) Olhos – com frialdade na órbita, com sensação de inchação, com lacrimejamento.
c) Dentes – com cáries, com distúrbios dos alvéolos e da gengiva, latejando até o molar ou orelhas, com ardência, agravando ao toque da língua ou de alimento.
D) Ossos – Geralmente os ossos longos, da face, do crânio ou do nariz são mais atingidos. Com dores ardentes que agravam no ambiente úmido e frio. Ocorre em pessoas coléricasfriorentas-deprimidas. Pode atingir tendões e músculos, pode haver tremores e sensações de inchado no local.
E) Distúrbios Diversos – Queimação na língua ou desde a boca até o estômago, com intolerância a cerveja, com náuseas ou não, melhorando ao comer, com prisão de ventre, prolapso retal, defecação dolorosa, perda de sensibilidade no estômago causada por emoções (7 a 12CH). Depressão mental por suprimir erupções com formulações alopáticas ou homeopáticas (em baixas dinamizações) (12CH). Nevralgias subsequentes a erupções e pruridos dos idosos. Dores de ossos que ocorrem à noite ou que são devidas a sífilis. Periostite, necrose. Erupções com muita coceira que piora a noite. Crostas sobre depósitos de pus. Crosta láctea das cabeças. Úlceras das pernas devido a sífilis. Surdez causada
por supressão de erupções da cabeça. Nevralgias que pioram após comer. Sarampo. Úlcera do estômago.

Quadros Animais:
Pele e ossos com afecções. Dores nos dentes e juntas (por reflexo). Erupções após vacinação, os animais ficam friorentos. 2D, 4D, 3CH, 4CH, 5CH, 6CH.
Atenção:
Impetigo. Eczema do couro cabeludo. Eczema com crostas. Coceiras. Prurido senil. Erupções após vacinas. É considerado o Mercurius vegetal.

Antídotos:
Aconitum, Bryonia, Calcarea carbonica, Kali iodatum, Mercurius, Nux vomica e preparados homeopáticos à base de ácidos.

Duração:
30 a 60 dias.

Homeopatias Sucessoras:
Calcarea, Camphora, Ignatia, Lycopodium, Nux vomica, Phosphorus, Pulsatilla.

Outras Denominações:
Chamaedaphne, Chamalia germanica, Coccus chamelacus, Daphonoides, Thymelae.

Proximidades:
Mercurius, Phytolacca, Rhus tox, Guaiacum, Syphylinum.

Mezereum

Autor: Dr. S. R. Phatak 

Obra:  Matéria Médica Concisa

Generalidades:
Afeta a PELE; ossos, nervos e membranas mucosas da boca e do estômago. Produz violento, ardente, rápido, como fogo nos músculos. Irritação, coceira ardente ou queimação na pele; queimando dores chatas nos ossos esp. longo; e
neuralgia; dos dentes e face, e depois das telhas. Dores repentinas de vários tipos seguidas de calafrios, dormência e dor. Lacrimejamento com dores. As partes afetadas ficam frias ou emaciadas. Sintomas unilaterais; total ou parcial. Efeitos
nocivos do eczema capitis suprimido; vacinação e mercúrio. Gota-reumática, discrasia sifilítica. Sensibilidade excessiva ao ar, mesmo de um ventilador. Como de uma brisa fresca soprando na parte. Queimação interna com prurido externo violento, em pequenas áreas ou em partes únicas. Cárie, exostose de ossos. Periostite. Os ossos parecem aumentados. Secreções ácidas, pus, leucorréia etc.
Úlceras. Espasmos; pálpebras, lado direito da face, etc. Convulsões melhoram ao segurar com força. Osteoma cístico. Abscessos de partes fibrosas ou tendões. O corpo parece leve.

Piora:
NOITE. Supressões. Calor da cama; de fogo etc. Frio; ar, correntes de ar; úmido.
Movimento. Tocar. Mercúrio. Vacinação.

Melhora:
Empacotando. Calor do fogão, (Prosopalgia). Comendo. Ar livre.

Mente:
Indiferença a tudo e a todos; olha pela janela por horas sem estar consciente dos objetos ao redor. Apreensivo na boca do estômago ao esperar alguma informação muito desagradável, dor ou choque. Esquecido. Melancolia religiosa efinanceira. Aversão a falar; parece-lhe um trabalho árduo pronunciar uma palavra. Repreensões ou brigas com os outros.

Cabeça:
As dores se estendem aos olhos, ossos malares, pescoço etc. com lacrimejamento; melhor curvado; pior falando, raiva. Dormência de um lado do couro cabeludo ou no topo da cabeça. Crostas de leite. Crânio doloroso. Escaras brancas. O
cabelo cai aos punhados; caspa, branco, seco.

Olhos:
Dor externa ao longo das sobrancelhas. Secura dos olhos; eles se sentem muito grandes. Neuralgia ciliar; após operação nos olhos; remoção do globo ocular. Inclinação para piscar; contração das pálpebras. Sensação de frio, com dor nos
globos oculares.

Ouvidos:
Sinta-se muito aberto; como se o tímpano fosse exposto ao ar frio e soprasse no ouvido. Surdez; após supressão de erupções cranianas. Desejo de furar os dedos nele. Espessamento do tímpano.

Nariz:
Espasmos visíveis na raiz do nariz. Espirros frequentes, com
dor de escoriação no peito. Adenóides pós-nasais.

Face:
As dores nevrálgicas vêm e vão rapidamente, e deixam a parte dormente, pior comendo melhor perto do fogão quente. Erupções ao redor da boca, com coriza. Rachaduras nos cantos da boca. Espasmos dos músculos (à direita).

Boca:
Queimação na língua estendendo-se ao estômago. O hálito cheira a queijo podre. Raiz da cárie dentária. Dor de dente nas têmporas melhor com a boca aberta e por inspirar ar. Os dentes parecem opacos e alongados. Boca vermelha escura e
seca. Meio da língua fissurada. Água na boca. Língua revestida apenas de um lado. Ranula pior falando e mastigando, ejeta um fluido aquoso.

Garganta:
Inverno escuro, vermelho, ardente e dolorido. Náusea sentida na garganta, melhor comendo.

Estômago:
Desejo constante de comida. Gosto amargo, azedo; a cerveja tem um gosto amargo, que é vomitado. Desejo de presunto, gordura, café, vinho. Dores de estômago; queimando, corroendo melhor o leite e comendo. Úlceras gástricas. Vômito de substância cor de chocolate; com náuseas. Waterbrash. Gastrite crônica. Úlcera; endurecimento do estômago.

Abdome:
Constipação após o confinamento. Prolapso de reto; e constrição do ânus, sobre o prolapso, o que dificulta a reposição. Diarréia; as fezes contêm partículas brilhantes. Fezes; duros, grandes como se fossem dividir o ânus. Contração do diafragma. Inchaço das glândulas, com abdômen grande em crianças.

Urinário:
Hematúria; quente, precedido por cãibras na bexiga. Poucas gotas de sangue são eliminadas após a micção. Película vermelha na urina.

Macho:
Inchaço indolor do pênis e escroto. Testículos aumentados. Gonorréia, com hematúria. Coceira na glande do pênis.

Fêmea:
Leucorréia teimosa, albuminosa, serosa e corrosiva. Ulceração obstinada da vagina e do colo do útero. Menstruação; escassa, frequente, profusa, duradoura; com dor de rosto.

Respiratório:
Tosse seca com cócegas; até vomitar coisas quentes piores. O peito parece muito apertado ao se abaixar. Ronco em crianças.

Voltar:
Cóccix doloroso, após uma queda.

Extremidades:
Dolorido, coceira na poplitae. Dor e queimação na tíbia e ossos longos. Uma mão quente. Os membros ficam frios; como se encurtado. Paralisia dos flexores dos dedos, não consegue segurar nada.

Mezereum

(Mezerão)

Autor: Sr Nilo Cairo

Obra:  Guia de Medicina Homeopática

Sinonímia:
Chamaedaphne, Chamãlia germânica, Coccus chamelacus, Daphonoides e Thymelae. Pertence às Thymelacese.
Dores noturnas nos ossos, sobretudo sifilíticas. Periostite antes do período de supuração. Necrose fosfórica. Melhora das moléstias internas, quando aparecem as erupções. Erupções pruriginosas, coçam intoleràvelmente; piora à noite na cama. Crostas espessas e aderentes, sob as quais se coleciona o pus. Croata láctea da cabeça das crianças. Ectima. Eczema. Erupções em torno da boca; erupções depois da vacinação. Úlceras si-filíticas das pernas. Surdez consecutiva à supressão de uma erupção da cabeça. Vegetações adenóides. Nevralgias agravadas por comer, aliviadas pelo calor, e ligadas a dentes cariados; sobretudo por baixo do olho, estendendo-se para a fonte. Zona e Sarampo. Nevralgia ciliar com sensação de frio no olho; depois de operações, especialmente extração do globo ocular. Ulcera gástrica com muito ardor. Sensibilidade ao ar frio.

Ponto de Weihe:
Bem por baixo do ponto de lodium, sendo que esse está no meio da linha que une o apêndice xifóide à cicatriz umbilical.

Remédios que lhe seguem bem:
Calc., Camph., Ignat., Lycop., Nux, Phosph. e Pulsat.

Antídotos:
Acon., Bryon., Calc., Kali iod., Merc., Nux e Ácidos. 

Duração:
30 a 60 dias.

Dose:
3.ªx à 30.ª 60.ª 100.ª e 200.ª.

Uso externo:
Úlceras fagedênicas, aftas, dartros, cáries, sifilis e prurido.

logo-naturoergos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar Artigos
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Buscar por Autor

Veja mais Artigos