Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Início » Veratrum album

Veratrum album

Casali

Veratrum album

Autores: V. W.D.Casali, F. M.C.Andrade, E. S.M.Duarte

Livro:  Acologia de Altas Diluições

A preparação básica é feita com a planta “veratro branco” ou “heléboro branco”, família Liliaceae, cuja intoxicação causa o quadro tipo cólera, com dores, com queda de temperatura, paralisia do coração e paralisia dos nervos.

Palavra chave:
Colapso, cianose, manias, egocentrismo, frialdades. Crias com asfixia pós-parto. Diarreia sem odor e convulsões em animais.

Tropismo Homeopático:
Sistema nervoso central, intestino, estômago, brônquios, coração.

Patogenesia
Sinais Funcionais:
Miocárdio com fraqueza. Pulso rápido. Distúrbios tipo delírio, agitação, ansiedade, depressão. Prostração, frialdade do corpo e tendência a colapso. Diarreia com dores e algidez. Músculos com cãibras persistentes. Rigidez muscular.

Sinais de Exaltação
Sensações: 
Vazio no estômago, fraqueza no abdome, fraqueza extrema, secura na boca, água gelada correndo nas veias, frio glacial no corpo todo ou localizado, pedaço grande de gelo no tope da cabeça, dentes pesados, buraco no estômago, hérnia iminente, pescoço fraco, cabeça pesada, saliva salgada, braço inchado e paralisado, boca fria, boca seca. Ilusões: infortúnios, conversa com pessoas ausentes, ver faces ausentes, comunicar-se diretamente com Deus, está no céu falando com Deus, ser Jesus Cristo, ser rei, ser príncipe.

Sinais Existenciais:
Está chegando ao fim da vida. Pensamentos de suicídio. Impulsos suicidas por tristeza.

Sinais Mentais:
Pensa que está com câncer, que é surdo e mudo. Pensa ser muito importante mas que cometeu crime.

Sinais Emocionais:
Deprimido em vários momentos, tristeza. Choro.

Sinais Comportamentais:
Comporta-se como: ambicioso, insatisfeito, crítico, depreciativo, grosseiro, arrogante, astuto, ególatra, rude, cruel, extravagante, gozador, irônico, satírico, ditatorial, caprichoso, velhaco, maquiavélico, ranzinza, humor repugnante, grosseiro, triste, ansioso, irritadiço, prostrado, desequilibrado (tem delírios místicos seguidos de raiva). Maníaco religioso, desesperado pela salvação da alma. Carrancudo, indiferente (alterna com excitado), blasfemador. Deseja mais do que tem. Tem atitudes e ações violentas alternadas com silêncio. Gosta de impressionar (demonstra o que não é). Gasta mais do que possui. Adora posição dominante. Loquacidade, gestos e ações impudicas, desnudam o corpo. Não permite contradição. Senta-se de modo estúpido. Excitações violentas. Nada lhe agrada na alimentação. 
Grita e amaldiçoa. Ajoelha em qualquer lugar e reza. Mania de sair sem destino. Rasga a roupa. Destrói objetos. Corta objetos. Atrair a si admirações alheias. Crises de gemer durante toda a noite. Age de modo a ser festejado quando chega a algum encontro. Age de modo a chamar a atenção dos outros. Manias sexuais antes de menstruar. Nas plateias, com finalidade de conquistar admiração, ressalta sua generosidade e suas boas ações. Procura metas que jamais serão atingidas. Amável com seus superiores e insolente com seus subordinados e familiares. Reprova as pessoas, ridiculariza e zomba. Atropela visando conseguir o que quer.

Sinais Gerais:
Face contraída. Face pálida. Face abatida e fria. Olheiras escuras. Olhos arregalados olhando pro alto. Pálpebras secas. Apetite voraz. Sede de água fria. Aversão a alimentos quentes. Desejo de frutas frias e suco frio. Desejo de sol ou gelo. Sensibilidade à pressão sobre o abdome. Evacuar demanda esforço. Voz rouca e fraca. Pulso irregular. Menstruações antecipadas, abundantes e fatigantes. Sensibilidade nas articulações. Pele azulada, pouco elástica, pegajosa ou enrugada nos pés e mãos.

Sinais Físicos:
Soluços. Suor frio ao evacuar. Desmaios com facilidade. Digestão lenta e dispepsia. Irritação no estômago. Paralisia facial. Dores fortes antes de evacuar. Suores frios e febre que pioram geralmente quando a menstruação é suprimida. Cãibra (principalmente nas panturrilhas). Prisão de ventre. Ânsia violenta de vomitar. Cefaleia, diarreia, dor ciática. Lacrimejamento e vermelhão nos olhos. Ponta do nariz e rosto frios ou gelados. Dores nas faces, olhos e dentes. Abdome inchado. Diarreia evacuada com força e esgotante. Muco preso. Bronquite. Tosse “de cachorro” com gases eructados. Tosse com cócegas, com micção. Palpitações com ansiedade.
Dismenorreia após friagem.

Generalidades
Agrava: 
À noite, com clima frio ou chuvoso.

Melhora: 
Ao caminhar.

Perfil (Criança):
São crianças com autoritarismo exercido diretamente ou com táticas enganosas. Essa autoridade vem do desvio mental de grandeza que lhes outorga permissividade, soberania e dificuldades de entender a verdadeira hierarquia do eu e o exercício da consciência. Assim tomam posse de brinquedos e objetos, reinam sem limites. Apesar disso são crianças descontentes com o que possuem ou tomam posse.
Paradoxalmente ou não, se comportam como amiguinhos de Deus, mesmo assim, temem perder posições na sociedade aflorando sua crueldade e ambição. Tem diarreias, fome intensa, vômitos e frialdade em várias partes do corpo ou situações. Gritam, rasgam roupas, têm ilusões e sensações diversas. Depreciam tudo alternando com indiferenças e momentos silenciosos ou manias religiosas. 
No final entendem que tudo fizeram visando chamar atenção e por seu enorme ego precocemente formado.

Indicações
Quadros Comuns:
A) Frialdade e Colapso – Frialdade corporal (geral ou localizada), face pálida, suores frios (geralmente na testa) e excessivos. Coração e pulso fracos porém mais rápidos.
Desmaios por causa de esforços mínimos. Pode surgir vômito ou diarreia (5 a 15CH) e epilepsia.
B) Distúrbios da Menstruação – Menstruação antecipada e de menor volume, com dores (cólica uterina), com fraqueza e sensação de frio. Durante o ciclo tem tendência lipotímica, vômito e diarreia (5 a 30CH).
C) Distúrbios Mentais e do ComportamenTo – Distúrbios mentais e comportamentais com espasmos, nevralgias, com fraqueza geral, palidez, suor frio, frialdade (30CH, 200CH).
D) Diarreia – Diarreia, frialdade, cólicas, fraqueza do abdome, suor frio, palidez, boca seca, tenesmo do intestino reto, fezes verdes, náuseas e vômitos, cãibra, salivação (5 a 9CH).
E) Manias – Manias sexuais antes do período menstrual, colapso, mania religiosa (30CH).

Quadros diversos:
Cólera infantil, cólera asiática, prisão de ventre crônica com fezes duras e de difícil evacuação (3CH). Epilepsia.

Quadros Animais: 
Crias recém-paridas com asfixia. Colapso dos animais (pele totalmente fria). Convulsões. Diarreias agudas. Salivação. Náusea/vômito. Diarreias sem cheiro.
Fraquezas durante estação fria. 4D, 12D, 5CH.

Atenção:
Estimulante do coração (3D). Nos choques pós-cirurgia. Secura de mucosa. Geralmente os sintomas são provocados por: ciclo menstrual, gravidez, medos, decepções, desgosto, depressão. Espasmos (5 ou 6CH). Excitação mental (9 a 30CH). Depressão (15 a 30CH).

Homeopatia Complementar:
Arnica.

Homeopatias Sucessoras:
Aconitum, Arsenicum, Arnica, Argentum nitricum, Belladona, Carbo vegetabilis, China, Cuprum, Chamomilla, Dulcamara, Ipeca, Pulsatilla, Rhus tox, Sepia, Sambucus, Sulphur.

Antídotos:
Aconitum, Arsenicum, Camphora, China, Coffea.

Duração: 20 a 30 dias.
Dinamizações:
3D (colapso cardíaco) a 1000C (manias, distúrbios mentais, quadros crônicos).

Proximidades:
Camphora, Cuprum, Arsenicum, Cuprum arsenicosum.

Veratrum album

Autor: Sr Phatak 

Obra:  Matéria Médica Concisa

Generalidades:
Heléboro branco afeta profundamente a mente. Nervos: abdominal; coração; sangue,vasos sanguíneos; respiração; vértice e sistema digestivo. Evacuações cópias; vômito, purgação, salivação, suor, urina, com prostração profnda; frieza; azulada; e collapse são recursos característicos. Os efeitos são violentos e repentinos. É um ótimo remédio para desmaios; desmaia de emoções; menor esforço; lesão leve, com hemorragia; após fezes, vômitos. Transpiração fria na testa com todas as queixas. Frio; como gelo; respiração; língua. Espasmos ou cólicas tônicas; no peito; entranhas; mãos; dedos; dedos do pé; solas dos pés; com diarreia. Fraqueza progressiva e emagrecimento em doenças agudas; coqueluche, febre, etc. Diminuição repentina das forças. Paralisia após perdas debilitantes. Convulsões causadas por excitação religiosa; também de crianças. Choque pós-operatório. Secura excessiva de todas as membranas mucosas. Queimaduras. As crianças se sentem melhor quando carregadas rapidamente. O sangue parece esfriar; sepse sanguínea, piemia. Carfologia. Efeitos nocivos do susto; amor desapontado, orgulho ou honra feridos; exantema suprimido, ópio, tabaco, álcool.

Piora:
Esforço. bebendo; bebidas frias. Susto. Durante a dor. Tempo úmido e frio; mudança de clima. Antes e durante a menstruação. Antes, durante e depois das fezes. Tocar; pressão. Orgulho ou honra feridos. Comer ópio. Mascar tabaco.

Melhora:
Cordialidade; cobertura. Andando por aí. Bebidas quentes. Mentindo. Comer carne. Leite.

Mente:
Indiferença taciturna. Amatividade. Arrogância. Delírio cedo,com violência, loquacidade ou lascívia, durante a dor. Melancolia, cabeça baixa, senta-se pensativo em silêncio; quer ficar sozinho. Reza, xinga, grita por sua vez. Desejo de cortar e rasgar coisas. Mania, alternando com taciturnidade. Insanidade. Remorso. Delírios de infortúnio iminente.Inquietação ocupada. Vagando sem rumo de casa. Enganador, nunca fala a verdade. Beijos a todos;  antes da menstruação. Desespero sobre a posição na sociedade; sente muito azar. Canta, assobia, ri. Corre de um lugar para outro. Simulando-se, pensa estargrávida. Mania puerperal. Ninfomania; abraça todos, até objetos. Mania religiosa. Fala sobre as falhas dos outros ou repreende. Angústia, medo da morte. Desespero de sua salvação. Imagina o mundo em chamas. Engole o próprio excremento. Extravagante, idéias e ações arrogantes. 
Doenças imaginárias.

Cabeça:
Suor frio na testa; em todas as reclamações. Dor violenta levando-o ao desespero, melhor frio. Sensação de um pedaço de gelo no vértice. Dores de cabeça; com náuseas, vómitos, face pálida, diarreia, diurese. Esfrega a testa. Cerdas de cabelo, dolorosas. Como se o vento frio soprasse na cabeça. Coceira no vértice durante a dor de cabeça.

Olhos:
Cercado por anéis escuros. Virada para cima. Lacrimejamento com vermelhidão. Tampas secas, pesadas.

Nariz:
Cheiro antes do nariz. Ponta gelada. Nariz pontiagudo. Epistaxe da narina direita, apenas à noite durante o sono.

Face:
Mortalmente pálido; ao subir; azulado; comprimido ou distorcido; carrancudo; frio; olhar apavorado. Bochecha vermelha (esquerda), como se estivesse queimada. Mandíbulas cãibras ao mastigar. Mandíbula travada. Lábios azuis; pendure para baixo.

Boca:
Dor de dente; os dentes parecem pesados como se estivessem cheios de chumbo. Ranger dos dentes. Língua; frio; pálida, sensação de frescor como de hortelã-pimenta. Gosto de hortelã-pimenta. Fala ceceando, gaguejando ou como se a língua estivesse muito pesada. Boca; saliva seca e salgada. Água com gosto amargo.

Garganta:
Seco; raspagem ou rugosidade. Ao beber água, ela parece correr para fora, não descendo pelo esôfago.

Estômago:
Sede ardente. Anseia por água gelada, que é vomitada assim que ingerida; quer tudo frio; ou bebidas ácidas, frutas suculentas e sal. Vomita ou eructa espuma. Vômito excessivo com purga; vômito violento. Soluço, depois de bebidas quentes. Náusea ao comer, não consegue engolir sem vomitar. Vomitar pior beber e menos movimento. Água fria. Todos os frutos discordam causando distensão dolorosa. Roendo fome, apesar de náuseas e vômitos. Apetite voraz. Batatas e vegetais verdes discordam. Comer carne e beber leite melhor.

Abdome:
Retração dolorosa do abdome durante o vômito. Dolorido, queimando na boca do estômago. Sentimento de afundamento e vazio. Sensação de queimação ou frio. Fezes aquosas, verdes, inodoras ou incolores (água de arroz) ou em grandes massas; com esforço, até a exaustão, com suor frio. Diarréia de beber água fria em dias quentes. Peritonite. Intussuscepção. Ação peristáltica invertida. Cortar cólicas; como se os intestinos estivessem torcidos em nós, com cãibras nos membros e prostração rápida. Cólera, morbus, infantum. Epigástrio doloroso. Carvões em brasa. Constipação de lactentes ou de tempo frio. Fezes; fino como uma fita, plano.

Urinário:
Urina; escasso, marrom avermelhado. Grosso, esverdeado, suprimido; involuntário, durante a tosse.

Fêmea:
Ninfomania; antes da menstruação, por amor desapontado. Paixão insatisfeita; em mulheres deitadas. Dismenorreia com prolapso; com frieza do corpo; diarréia; suor frio e desmaios ao menor movimento. Eclampsia. Mania puerperal. Menstruação; muito cedo, muito profusa, suprimida. Menorragia; com náuseas, vómitos, diarreia.

Respiratório:
O ar parece muito quente. A asma piora em clima frio e úmido, melhor inclinando a cabeça para trás. Fazendo cócegas na garganta até os pulmões. Tosse violenta contínua; com ânsia de vômito; bebidas frias piores. Chocalho no peito. 
Coqueluche negligenciada; com complicação. Tosse latindo com eructações, pior sala quente. Micção involuntária com tosse. Perda de voz. Tosse ao entrar em uma sala quente com ar frio.

Coração:
Fraco; cortando em. Palpitação visível; com coreia. Pulso intermitente, fraco, lento; fino. O sangue corre como água fria nas veias.

Pescoço e costas:
Pescoço tão fraco que a criança mal consegue mantê-lo ereto pior tosse convulsa. Dor cólica entre as escápulas melhor movimento. Sensação de machucado na região sacral.

Extremidades:
Neuralgia braquial, dor paralítica e contundente nos braços. Queimação fina nos braços, da direita para a esquerda. Os braços parecem cheios e inchados. Formigamento nas mãos e dedos. Cãibras nas panturrilhas, durante as fezes. Empurrões elétricos nas pernas; deve sentar -se e deixar as pernas penduradas para fora da cama. Dificuldade em andar como paralisia; da debilidade. Dores nos pés ou joelhos, como se pedras pesadas estivessem amarradas às partes, devem se mover. Pés gelados.

Dormir:
Acorda à noite tremendo. Começa como se estivesse com medo.

Febre:
Frio geral; gelado; no vértice; nariz, língua, boca, membros, suor. Calor interno com superfície fria, ao beber. Febres mostrando apenas frieza externa. Frio congestivo; com sede.

Pele:
Enrugado. Sente-se queimado. Azul, frio.

Relacionado:
Ars; Campo; Copa; Cianetos; Tuberculina

Complementar:
Carb-v.

Veratrum album

Autor: Rajan Sankaran

Obra: Texto baseado no livro The Soul of remedies de Rajan Sankaran. O Texto está diferente do original mas as idéias foram mantidas

Miasma:
Veratrum album é um remédio do miasma agudo.

Sensação:
Veratrum tem a sensação de ter perdido sua posição social, que deve recuperar rapidamente, por qualquer meio, ou estará acabado. Tenta encontrar meios para ganhos repentinos, por exemplo, jogos de azar, mentiras, negócios fraudulentos, etc. Demonstração de riqueza e importância são características proeminentes vistas em Veratrum. Usando-as, ele tenta recuperar essa “posição social perdida”. As pessoas da Veratrum podem usar qualquer meio para ganhar dinheiro rápido ou mostrar sua importância, por exemplo, mentir, divulgar nomes, emitir cheques falsos, fazer negócios fraudulentos, trapacear em grande escala, mostrar riqueza, etc. A posição social é um fator muito importante na vida humana, pois garante segurança, perspectivas conjugais e proteção contra ataques. Uma ameaça à posição social, portanto, é uma ameaça a todos esses fatores.
Veratrum pode ser religioso, mas mesmo aí, geralmente, há um elemento muito grande de exibição nele: há muita ostentação em sua religiosidade. Da mesma forma, em seu discurso, há extravagância e capacidade de mentir sem qualquer hesitação. Veratrum precisa restabelecer sua posição na sociedade. Pode ser um remédio para certos religiosos vistosos. Líderes religiosos, políticos ou empresários que fazem um grande show podem estar no estado de Veratrum. Se forem pegos, eles tentam trapacear por meio de mentiras e enganos, que incluem fingir doenças, até mesmo câncer. Por outro lado, é uma alegria estar com as pessoas de Veratrum: conversando, cantando, brincando, alegres. Eles também podem ter fantasias agradáveis, por exemplo, estar em comunicação com Deus.

Comparações:
Vemos em Belladonna o medo de ser atacado, em Stramonium a ameaça de ficar sozinho no deserto e em Hyoscyamus a ameaça de ser abandonado por seu parceiro. É por isso que se diz que Veratrum contém todos esses três remédios. Além disso, tem muito a ver com o ego.

Experimentação homeopática feita por Sankaran:
Ao tomar uma dose de Veratrum, sonhei: “Eu era empregado de um velho que iria se aposentar muito em breve. Temendo que a aposentadoria fosse um golpe em sua posição social, ele quis arranjar uma enorme extravagância para provar que o ele ainda era importante. Então, reservou um enorme estádio de futebol para sua festa de aniversário e o encheu com seus convidados. Nós, os funcionários, deveríamos marchar no estádio com palafitas em nossos sapatos para exagerar nossas alturas e ao mesmo tempo tocar música. Nosso patrão, o velho, nos seguia no estádio.” Este sonho tipifica o sentimento Veratrum. Este homem se comporta como se estivesse reagindo a uma perda de posição social. Ele é como um rei que de repente se tornou um mendigo. Se ele quiser “sobreviver”, ele terá que contar mentiras e fazer uma demonstração de riqueza. Ele tem que esbanjar dinheiro e falar bem de si mesmo. Ele precisa criar sobre si uma aura de grandeza. Nos casos que requerem o remédio, vemos que se não o próprio paciente, alguém em gerações anteriores perdeu sua posição social, criando o estado de Veratrum. Este estado foi posteriormente transmitido como uma raiz para este paciente. Freqüentemente, essa história pode ser rastreada.

Rubricas:
• Desespero de posição social.
• Religioso.
• Delírio, comunicação com Deus, ele está dentro.
• Ilusão, ele é burro,.
• Ocupado.
• Agitado.
• Trabalhador.
• Alegre.
• Loquacidade.
• Mentiroso.
• Enganador.
• Corajoso.
• Esbanja dinheiro.
• Extravagância.
• Rezar.
• Desavergonhado.
• Deseja gelo.

Veratrum album

(Heléboro branco)

Autor: Sr Nilo Cairo

Obra:  Guia de Medicina Homeopática

Sinonímia: 
Helleborum álbum, Helleborus albus, H. praecox e Veratrum. Pertence às Lilliaceae. Cãibras, suores frios, diarreia aquossa e profusa, vômitos, cólicas, prostração e colapso, indicam este rémédio. Cólera asiática, diarreia como água de arroz. Diarréia aguada e profusa, com dor de barriga. Um dos mais importantes remédios da diarreia infaulil (tímido é aguada e abundante. Também um grande remédio da prisão de ventre, por inércia intestinal, sem desejos de evacuar. “Produzirá a defecação mais depressa do que qualquer outro medicamento”. (DR. HRYCE). Especialmente nas crianças de peito. Todas as eliminações são abundantes. Sensação de queimadura interna. Dores de cabeça com náuseas. Vômitos, diarreia, face pálida e fria. Sensação de gelo no occipital ou de gelo envolvendo a cabeça. Sede violenta de água e gelados. Mania sexual antes das regras. Dismenorréia com sensação de frio geral. É o principal remédio do beribéri, em qualquer caso. Qualquer moléstia com suores frios na fronte. “Pouco importa que seja um caso de cólera morbo, cólera infantil, pneumonia, asma, febre tifóide ou constipação, se este sintoma proeminente está presente e o doente se sente desfalecer, com colapso (resfriamento geral) ou com grande prostração, Veratrum álbum c o primeiro remédio em que se deve pensar”. (DR. NASH). Um grande remédio do colapso, como Camphora; as forças decaem, o pulso some; o corpo todo esfria; a face torna-se hipocrática. Febre palustre perniciosa álgida. “No choque cirúrgico, Veratrum álbum é um dos melhores estimulantes cardíacos que nós temos e dele, na 3.ªx., podem-se obter tão prontos resultados como de uma injeção hipodérmica de estricnina”. (DR. J. S. MITCHËLL). Desmaio ao menor exercício. Mania religiosa ou amorosa, com desejo de despedaçar as roupas; frenesi. Melancolia atônita.

Eis aqui um bom resumo prático de alguns remédios da cabeça: 
ACONITUM 
— medo 
BELADONA
— violência
CANTHARIS
— raiva
HYOSCIAMUS
— estupor ou impudência; STRAMONIUM terror;
VERATRUM ÁLBUM
— frenesi.

Ponto de Weihe: 
Abaixo do ponto de Merc. vivas, que está localizado abaixo da ponta do apêndice xifóide.

Complementares:
Arnica.

Remédios que lhe seguem bem:
Acon., Arsenic., Arn., Argent. nit., Bei., Carbo veg., China, Cu/w., Cha-mom.. Dulc., Ipeca, Puls., Rhus, Sep., Sambucus e Sul-phur.

Antídotos:
Acun., Arsenic., Camphora, China e Cof-fea.

Duração:
20 a 30 dias.

Dose:
3.tt à 30.ª 100.% 200.ª e 1.000.% Nas diarreias a melhor é a 5.ª e às vezes 12.ª ou a 30.ª Na prisão de ventre, a 3.%



Uso externo:
Nevralgia facial e beribéri.

logo-naturoergos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar Artigos
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Buscar por Autor

Veja mais Artigos