Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Início » Conium maculatum

Conium maculatum

Casali

Conium maculatum

Autores: V. W.D.Casali, F. M.C.Andrade, E. S.M.Duarte

Livro:  Acologia de Altas Diluições

A preparação basica é feita com plantas floridas de “cicuta”, família Umbelliferae. O usoacidental provoca paralisias, vertigens, perda da sensibilidade, convulsões, alucinações, lentidão respiratória (e morte).

Palavra chave:
Paralisia ascendente. Tumor na mama. Vertigem. Cólica e diarreia dos animais.

Tropismo Homeopático:
Sistema nervoso central, medula da espinha, nervos periféricos associados aos músculos e gânglios linfáticos, glândula mamária.

Patogenesia
Sinais funcionais:
Depressão do sistema cérebro-espinhal causando debilidade física e mental, vertigens, paralisia progressiva ascendente. Endurecimento de glândulas e de gânglios.

Sinais de Exaltação
Sensações: 
Secura na laringe, desfalecimento, anestesiamento do cérebro, entorpecimento do cérebro, frio no intestino reto, objeto estranho dentro do crânio, secura na parte de cima da cabeça, compressão das têmporas, dormência do braço descendo na direção das mãos.

Sinais Mentais:
Depressão mental causada por excitação. Pensamentos apáticos sobre os negócios e os estudos. Memória fraca. Fraqueza mental. Pensamentos eróticos. Sem concentração mental. Mente sem entusiasmo, com tédio, indiferente aos fatos. Pensamentos supersticiosos. Ideias fixas. Pensamentos sobre o passado.

Sinais Emocionais:
Emocionalmente abatido e indiferente. Pouca alegria. Ressentimento. Tristeza.

Sinais Comportamentais
Comporta-se como: mal-humorado, ofendido, intolerante a contradição, tímido, avesso à vida social.

Sinal Subconsciente:
Medo de solidão.

Sinais Gerais:
Vertigem enquanto: deitado, se vira na cama, vira de lado, vira os olhos. A vertigem agrava com: trepidação, barulho, conversa. Fotofobia. Lacrimejamento. Visão pouco nítida e pior na luz artificial. Transpira ao fechar os olhos. Deficiência de audição. Narinas sangram facilmente (por pólipos ou não). Fezes duras. Fraqueza com tremores após evacuar. Aumento do desejo sexual mas potência menor. Testículos duros e crescidos. Suor ao adormecer com odor desagradável e com ardor na pele. Muita cera no ouvido.

Sinais Físicos:
Dor de cabeça com náuseas e vômito. Dor no occipício pela manhã. Pústulas na córnea. Paralisia nos músculos dos olhos. Líquido sanguinolento saindo do ouvido. Dor na base da língua. Azia forte com arrotos ácidos agravando ao deitar. 
Espasmo doloroso no estômago. Dores no fígado. Abdome com dores, inchado. Evacuações frequentes e com emergência. Tenesmo. Calor e queimação no intestino reto (enquanto evacua). Dificuldade na micção, com interrupções, com gotejamentos.
Dismenorreia. Fisgadas nos mamilos. Menstruações atrasadas. Mamas dolorosas na menstruação. Prurido na vulva. Endurecimento do útero. Leucorreia após urinar. Tosse seca com  na laringe. Só expectora após tossir bastante. Falta de ar por mínimo esforço corporal. Dor nas costas entre os ombros. Dor no cóccix. Pés e mãos pesados, tremendo, sem firmeza, músculos fracos, suor Conium maculatum nas mãos.
Dor nas glândulas das axilas. Pele amarelada com erupções tipo pápulas. Unha amarelada. Dores penetrantes na pele. Úlceras cutâneas com odor desagradável ou fétido.

Generalidades
Agrava: 
Deitado, abstendo das relações sexuais, antes e deitado, abstendo das relações sexuais, antes e após o período menstrual, durante o resfriado, com esforço
mental ou físico.

Melhora: 
Em jejum, no escuro, com membros distendidos e soltos, em movimentação, com pressão sobre partes afetadas.

Perfil (Criança):
Agem como ditadoras em casa. Exigem obediência dos pais. Com colegas comportam-se como egoístas e mandonas, dominadoras, briguentas. Elas desconhecem os limites. São preguiçosas e geralmente não têm interesse no aprendizado nem no relacionamento. À noite ao deitar agravam (com vertigens), ficam imóveis sem virar na cama e transpiram nas mãos. Pela madrugada têm tosse seca, raramente expectoram. Muita cera no ouvido e micção interrompida.

Indicações
Quadros Comuns:
A) Paralisia (9CH a 200C) – Começa nos pés e pernas e sobe no corpo progressivamente via medula. No início anda com dificuldade com reflexos exaltados e sensibilidade. Tem sensação de anestesiamento, sacudidas musculares e tremores. Após estes sintomas tem a sensibilidade e reflexos diminuídos. Tem retardamento funcional e psíquico.
B) Paresia (7CH a 30CH) Caracteriza-se pela lentidão das funções gerais (físicas e cerebrais).
a) Nos brônquios: com tosse constante, secura na laringe, não expectora.
b) No estômago: com digestão lenta, após as refeições o abdome se avoluma e endurece.
c) Genital: impotência.
d) Intestinal: prisão de ventre com fezes duras, tem fraqueza (até desmaios) após evacuação.
e) Muscular: membros inferiores com sensação de anestesiamento das extremidades.
f) Ocular: fotofobia, objetos ficam todos vermelhos.
g) Esôfago: sensação de bola subindo.
h) Vesical: dificuldades de urinar, esvaziamento incompleto da bexiga.
C) Glândulas E Gânglios – Há endurecimento e hipertrofia (sem inflamação), causados por infiltração linfática. Câncer. Traumatismo. Sem dor nos gânglios linfáticos. Dor suave no útero e ovários. Hipertrofia da mama seguida de atrofia / flacidez (5CH a 200C).
D) Vertigens – É inibida a coordenação dos centros do equilíbrio. Piora com movimentação (virando a cabeça, virando os olhos, levantando da cama, deitando). Sensação de desmaio e de cérebro anestesiado (6 a 30CH).
E) Depressão
a) Sexual: com impotência, por senilidade precoce, por aversão à sociedade, com irritabilidade (7 a 9CH).
b) Mental: tristeza/melancolia, lentidão mental, memória fraca,negligencia. Agrava com: esforço de raciocinar, barulho, álcool, frio, luz (12CH a 30CH)
F) Distúrbios Gerais – Associados às paresias, paralisias, disfunções, magreza, face pálida, pálpebras caídas, choros, medos, intolerância a contradição, desejo de sal, sonolência diurna (12 a 30CH). Pele endurecida após contusões.

Quadros Diversos:
Insônia por nevrite múltipla. Icterícia crônica. Nervosismo sexual com ereção fraca. Ovarite. Sequelas do desejo sexual reprimido e das menstruações suprimidas. Depressões após longa doença. Queratites, ptose, catarata, ulcerações da córnea. Mielite aguda. Ataxia de locomoção. Azia que piora à noite e em grávidas. Tosses que pioram à tarde e à noite. Adenites crônicas. Tumores e cancros das mamas (30CH).
Inchação com dores nas mamas, mamas flácidas. Distúrbios da próstata. Esterilidade. Leucorreia 10 dias após as menstruações. Arteriosclerose. Suor na palma da mão ou logo que adormece. Acúmulo de cera no ouvido. 
Sequelas de pancada na espinha. Coccigodinia. Cárie do esterno. Ceratite.

Quadros Animais:
Animais com cólicas que melhoram com calor e menor movimentação e que são acompanhados de diarreia na forma de crises. 3CH, 12CH, 6D, 30D.

Atenção:
Celibatários. Senilidade. É considerado o Aconitum das doenças crônicas. É Conium maculatum mais recomendado em dinamizações altas e com frequência menor nos quadros de crescimentos ou paralisias. Nos outros quadros (comuns) as dinamizações são 6CH a 30CH.

Outras Denominações:
Cicuta vulgaris, Coriandrum cicuta.

Homeopatias Complementares:
Baryta muriatica.

Homeopatias Sucessoras:
Arnica, Arsenicum, Belladona, Calcarea carbonica, Calcarea arsenicosa, Cicuta virosa, Lycopodium, Nux vomica, Psorinum, Phosphorus, Pulsatilla, Rhus tox, Stramonium, Sulphur.

Antídotos:
Coffea, Dulcamara, Nitricum acidum.

Duração:
30 a 50 dias.

Dinamizações:
6CH a 30CH e 200C. Nos casos de tumores e distúrbios nervosos usar altas dinamizações

Conium maculatum

Autor: Sr Phatak 

Obra:  Matéria Médica Concisa

Generalidades:
Este é o veneno que supostamente foi dado ao filósofo grego Sócrates por causar sua morte. 
Afeta os nervos e músculos, causando incoordenação e paralisia; marcha incerta, fala difícil; paciente torna-se gradualmente fraco. Irregular, ação; desenvolvimento de sintomas. Perda repentina de força ao caminhar. Tremor de todos os membros. De repente doente e fraco, com dormência. Útil na velhice ou para aquelas pessoas que envelhecem cedo; para solteironas, para solteiros, para jovens que sofrem os efeitos nocivos da masturbação. Glândulas esp. mamárias e ovários são afetados com ingurgitamento e incurações de pé. Sensação de caroço; no cérebro; no epigástrio. sintomas ascendentes; paralisia; depois da difteria. Dores lancinantes e lancinantes. Novos crescimentos. Arteriosclerose. Neurite múltipla. Diátese cancerosa. Pacientes que pioram quando ociosos. Paroxismos de histeria e hipocondria de abstinência sexual ou excesso sexual. Convulsões histéricas. Efeitos nocivos de contusões, golpes, esforço excessivo, excesso de trabalho. Pesar. Facilmente embriagado. Mulheres abatidas, cansadas da vida, desanimadas; que sentem vontade de chorar; e engolir e engasgar como se tivesse um nó na garganta. Debilidade progressiva. Cronicidade. Aflição de roupas. Desmaia ao evacuar. Sensação de um aro ou faixa ou algo apertado ao redor da parte. Cronicidade. Aflição de roupas. Desmaia ao evacuar. Sensação de um aro ou faixa ou algo apertado ao redor da peça. Cronicidade. Aflição de roupas. Desmaia ao evacuar. Sensação de um aro ou faixa ou algo apertado ao redor da parte.

Piora:
Ver objetos em movimento , álcool. Levantando os braços. Após esforço_corporal ou mental. Ferida. Abuso ou excesso sexual. Continência. Frio; tomandofrio. Velhice. Mentindo; com cabeça baixa. Virando na cama. Pressão de roupas apertadas. Frasco. Noite. De pé. Antes e durante a menstruação. Ar quente e seco. Primavera.

Melhora:
Deixar a parte afetada pendurada. Inclinando-se. Movendo-se, caminhando. No sol. Escuro. Pressão. Andar curvado. Ao sentar. Jejum.

Mente:
Deprimido, tímido, avesso à sociedade, mas tem medo de ficar sozinho. Pegada lenta; difícil compreensão. Memória fraca. 
Nenhuma inclinação para negócios ou estudo. Indiferente. Dificuldade em entender o que está lendo. Supersticioso. Incapaz de sustentar o esforço mental. Loucura periódica, de tipo alternado. Enquanto caminha na estrada quer segurar alguém e abusar dele. As ninharias parecem importantes. Acha que os animais estão pulando em sua cama. Triste; insatisfeita consigo mesma e com o ambiente. Não consegue pensar depois de usar os olhos. Se importa muito pouco com as coisas; faz compras inúteis, desperdiça ou estraga. Gosta de usar suas melhores roupas. Tristeza agravada pela simpatia. Como se uma grande culpa pesasse sobre ele. Teme quando está sozinha, mas pavor de estranhos ou companhia, durante a menstruação.

Cabeça:
Vertigem; girando. pior deitado, virando-se na cama; menor movimento do sim ou da cabeça; de velhice. Pontos quentes na cabeça. As têmporas comprimiam-se ainda mais após as refeições. Sensação de um nódulo no lado direito do cérebro. Doentes dores de cabeça, com incapacidade de urinar. Dor na cabeça do sinciput ao occipital melhor inclinando e movendo a cabeça. Sensação de plenitude, estourando no cérebro durante a dor de cabeça. Um lado dormente e frio. Olhos Sinta as pálpebras cruzadas; pesado, cair pior do lado de fora. Fotofobia e lacrimejamento excessivo; sem inflamação ou da menor abrasão ou ulceração do olho. Ardência nos olhos. Visão colorida; vermelho. Como franja caindo sobre os olhos. Visão diminuída em luz artificial. Catarata após lesão ocular. Ptose das pálpebras. Suores ao fechar os olhos. Diplopia. Manchas pretas diante dos olhos, com vertigem. Miopia. A visão fica turva quando irritado.

Ouvidos:
Acúmulo de cera de ouvido como polpa de papel; ou cera dura vermelho-sangue, causando dificuldade de audição. Hipersensibilidade ao ruído. Glândula parótida inchada e dura. As orelhas parecem paradas ao assoar o nariz.

Nariz:
Cheiro agudo. Sangramento fácil, cutuca o nariz constantemente.
Pólipo. Espirros frequentes. Obstrução obstinada do nariz.

Face:
Herpes úmido e espalhado no rosto. Câncer do lábio (por pressão do tubo). As glândulas submaxilares estão inchadas e duras.

Boca:
Dor de dente pior alimentos frios, não por bebidas frias. Fala difícil devido à paralisia da língua. Câncer de língua. Saliva azeda. Distorção da língua e da boca.

Garganta:
Como se um corpo redondo subisse do estômago (globus). A comida desce pelo caminho errado e para durante a deglutição. Paresia do esôfago. Inclinação constante para engolir a partir de um nó na garganta pior andando ao ar livre. Amígdalas aumentadas.

Estômago:
Azia acre e eructações acre pioram ao ir para a cama. Distensão do estômago depois de tomar leite. Dor no estômago melhora ao comer, mas piora algumas horas (2 ou 3) depois de comer, melhor na posição do joelho no peito. Náuseas e vômitos durante a gravidez. Anseia por café, sal, coisas azedas. Aversão ao pão. Vômito; de borra de café, pedaços cor de chocolate ou água azeda clara. Câncer, úlcera.

Conium maculatum

(Grande cicuta)

Autor: Sr Nilo Cairo

Obra:  Guia de Medicina Homeopática

Sinonímia: 
Cicuta vulgaris e Coriandrum cicuta. Pertence às Umbelliferae. Depressão do sistema cérebro-espinhal. Paralisia de tipo ascendente. Vertigem, volvendo a cabeça para os lados ou voltando-se na cama. Vertigem dos velhos; ou com afecções útero-ovarianas.
O Aconitum das doenças crônicas. (CLARICE). Queratite estrumosa ou flictenular, com fotofobia intensa e excessivo lacrimejamento, e pouca inflamação. Ptose. Catarata. Presbiopia prematura. Muitas vezes o remédio do estudante noturno. Ulcerações da córnea. Polineurite com insônia. Paralisia ascendente. Paralisia de Landry. Mielite aguda. Ataxia locomotora. Peso, tremor, rigidez e perda de forças das pernas. Azia; piora ao ir à noite para a cama; em mulheres grávidas. Tosse noturna, coqueluchóide, seca, frequente, dolorosa, com expectoração difícil, sobretudo à tarde e à noite; tosse noturna dos tísicos; tosse noturna dos velhos; durante a gravidez. Laringite. Adenopatia tráqueo-brônquica, adenites crônicas. Diátese cancerosa. Contusão em grãos glandulares, sobretudo os seios — tumores e cancros do seio. “Se há alguma coisa em medicina (e eu o tenho experimentado repetidas vezes) é o poder exato, positivo e maravilhoso que tem Conium na 30.ª dinamização para curar certos tumores suspeitos, recentes, do seio da mulher”. (DR. W. A. DEWEY). Inchação dolorosa dos seios, antes e durante as regras. Seios frouxos e enrugados. Moléstias da próstata; a urina passa gota a gota. Maus efeitos da libertinagem; da suspensão das regras, ou da continência sexual; grande medicamento dos velhos celibatários e das velhas solteironas. Impotência, emissões fáceis, à simples presença de uma mulher. Esterilidade. Prurido vulvar. Perda do líquido prostático quando evacua. Fraqueza e tremores após a evacuação. Adenites axilares. Leucorréia dez dias depois das regras.
Regras escassas e pálidas, sobretudo em solteironas; dismenorréia; deslocamentos uterinos. Amenorréia. Fraqueza cardíaca (em T. M.). Um remédio da arteriosclerose.
Sua, logo que adormece, ou mesmo fechando apenas os olhos, à noite ou de dia.
Suores das palmas das mãos. Tônico, depois de um ataque de gripe. Muito valioso no acúmulo de cera no ouvido. Maus efeitos de pancada ou choques na espinha; coccigodinia. Cárie do esterno.

Ponto de Weihe: 
Entre as cartilagens tireóide e cricóide do lado esquerdo.

Antídotos:
Coffea, Dulc. e Nit. acid.

Duração:
30 a 50 dias.

Dose:
6.ª à 30.ª e 200.ª. Altas dinamizações nos tumores e moléstias nervosas.

Uso externo:
Tumores duros dos seios, glândulas endurecidas, prurido vulvar e nos eczemas.

logo-naturoergos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar Artigos
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Buscar por Autor

Veja mais Artigos