Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Início » Laurocerasus

Laurocerasus

Phatak

Laurocerasus

Autor: Dr. S. R. Phatak 

Obra:  Matéria Médica Concisa

Generalidades:
A pequena quantidade de Ácido Hidrociânico que este medicamento contém, produz sintomas acompanhados de debilidade súbita; e falta de reação esp. nas afecções do
peito e do coração. Afeta a mente e o cérebro causando, embotamento de sentidos especiais. Cianose. A frieza não é melhor pelo calor. Esfíncteres fracos. Desmaios de longa duração. Sensação de queda; no cérebro, no abdome; no coração etc. Epilepsia; espasmos clônicos de todos os membros, com fraqueza paralítica. Espasmos. Coréia; emocional; com espasmos constantes, não consegue ficar parado; fala indistinta após cada excitação, ofegante. Gasping_before, durante e após espasmos. Colapso nervoso. Apoplexia. Queimação interna. Hemorragias; de sangue fino e brilhante misturado com coágulos gelatinosos. Efeitos do susto. Bebês azuis, asfixia neonatorum. Antídotos os efeitos de Digitalis administrados em doses brutas.

Mente:
Perda de consciência, com perda de fala e movimento. Medo e ansiedade sobre males imaginários. Perda SÚBITA DE MEMÓRIA; de medo, dor, etc. Embotamento dos sentidos especiais. Fica com raiva quando não é compreendido.

Cabeça:
Vertigem com sonolência. Dor de cabeça pior a noite. Lacrimejamento noturno no vértice. Como se um vento frio soprasse na cabeça. Como se o cérebro estivesse caindo. O cérebro parece contraído e dolorido.

Olhos:
Protuberante, olhando, aberto. Os objetos parecem maiores.

Face:
Azul; com ofegante. Como se moscas e aranhas rastejassem sobre a pele. Mandíbula travada. Espasmos dos músculos da face.

Boca:
Espuma na boca; convulsões. Mudez de dor no estômago. Língua; duro; frio, queimado ou entorpecido.

Garganta:
Contração espasmódica da garganta e esôfago. As bebidas rolam audívelmente pelo esôfago e intestinos.

Estômago:
Soluço persistente. Eructações amargas. Vômito de comida durante a tosse. Desgosto por comida durante a gravidez. Dor violenta no estômago com perda da fala. Dores de estômago durante a micção. Náusea perto de um fogão quente.

Abdome:
Queda sensação de um nódulo no abdome acima do umbigo até a parte inferior das costas piora ao falar ou fazer esforço excessivo. Flatulência gorgolejante. Dor no fígado como se um abscesso estivesse se formando. Fígado; endurecido, atrofiado; noz-moscada. Paralisia do esfíncterani; fezes involuntárias. Câncer de reto; com sangramento de sangue vermelho vivo.

Urinário:
Urina; retido, suprimido, involuntário; com palpitações e sufocamento e desmaio.
Fêmea Dor no útero, com câncer; com escorrimento de sangue brilhante, com coágulos gelatinosos; dormir melhor. Desmaia com frio durante a menstruação. Queimando e fedendo dentro e abaixo das mamas.

Respiratório:
Laringe e traquéia cruas. Asfixia; suspiros para respirar; ao sentar. Respiração superficial. Dispneia, com sensação de que não consegue levantar as paredes do tórax; melhor deitado. Tosse; cócegas, espasmódicas, noturnas; de tísica; curto seco de origem cardíaca; pior deitado. Sangrento ou espalhado com pontos sangrentos; expectoração gelatinosa. Asfixia neonatal. Queimando no peito ao inspirar. Voz baixa.

Coração:
Mantém as mãos sobre o coração; como se houvesse algum problema pior por qualquer exercício. Palpitação. Insuficiência mitral. Dores na região do coração. Pulso, fraco, variável, lento ou irregular.

Extremidades:
Baqueteamento de dedos. Dedos dos pés e unhas tornam-se complicados. Veias das mãos distendidas. Pés frios e úmidos até os joelhos; na coreia, doença cardíaca. Pés dormentes ao cruzar as pernas.

Dormir:
Ansiedade medrosa e inquieta; não pode cair no sono. Vigília do coma.

Pele:
Legal; lívido.

Melhora:
Deitado de cabeça baixa. Comendo. Dormir. Ar livre.

Piora:
Sentando-se. Esforço. Frio. Susto. Inclinando-se.

Relacionado:
Amm-c; Géis; Hidr-ac; Prun-sp.

Laurocerasus

(Louro-cereja)

Autor: Sr Nilo Cairo

Obra:  Guia de Medicina Homeopática

Sinonímia:
Cerasus folio-Iaurino, Padus lauro-cerasus e Prunus laurocerasus. Pertence às Rosacess.
Tosse espasmódica seca, com coceira na garganta, é muitas vezes magicamente curada por este remédio. Tosse dos cardíacos. Cianose dos recém-nascidos. Asfixia neonatorum. Sufocação ao se sentar voltando da posição deitada. Falta de reação, especialmente em moléstias do peito e do coração. Respiração estertorosa no sono. Colapso, dispneia, constrição do peito, paralisia ameaçadora dos pulmões. Expectoração sanguinolenta.

Remédios que lhe seguem bem:
Bell., Garfo, veg., Phosph., Pulsat. e Verat.

Antídotos:
Camph., Coffea, Ipeca, Opium e Nux osch.

Duração:
4 a 8 dias.

Dose:
1.ax à 3.ª.

logo-naturoergos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar Artigos
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Buscar por Autor

Veja mais Artigos