Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Início » Ledum Palustre

Ledum Palustre

Casali

Ledum Palustre

Autores: V. W.D.Casali, F. M.C.Andrade, E. S.M.Duarte

Livro:  Acologia de Altas Diluições

A preparação básica é feita com a planta “chá do brejo” “rosmarinho silvestre” ou “Ledon do brejo” que cresce nos brejos, família Ericaceae. A intoxicação causa irritação no intestino com dores e diarreia sanguinolenta.

Palavra Chave:
Reumatismo, ferida de picada, ferida nos olhos. Primeiro socorro evitando infecção. Imaturidade afetiva.

Patogenesia
Sinais Funcionais:
Erupções da forma de pápulas ou de eczemas (secos) com prurido. Os capilares sanguíneos perdem o vigor (principalmente onde há pouco tecido) e por isso há hemorragia ou espalhamento sanguíneo. Hemorragia das vísceras, hemorragia do útero e pulmões. Inflamação das articulações e do tecido fibroso.

Sinais De Exaltação
Sensações:
Piolhos no tórax causando coceira, frio que piora pelo calor da cama, juntas do quadril estarem fervendo, picadas, ao fechar os olhos tem visões.

Sinais Emocionais:
Imaturidade afetiva e emocional. Humor ruim. Não externaliza emoções volta-se contra si e se pune. Auto- agressão se concentra nas articulações ao ponto de imobilizar-se pela dor. Desgostoso, enfadado, culposo. Emoções congeladas. Humor melancólico. Ao se aborrecer fica só, chora ou não.

Sinal Existencial:
Deseja a morte.

Sinais Comportamentais:
Comporta-se como: malicioso, rancoroso, colérico, vingativo, veemente e violento, descontente, insatisfeito, enfadado, culposo. Aversão a companhia. Insolentes às perguntas. Revoltado por não se expressar. Afasta-se dos demais. Sempre prontos a revidar/reagir.

Sinais Gerais:
Tendência ao alcoolismo. Sentimento interno de impotência. Após pesadelo, teme dormir por receio de morrer. Insônia por inquietude.

Sinais Físicos:
Afecções que se dirigem aos pés. Inflamação nas articulações, principalmente nos joelhos. Dismenorreia. Inchaço das juntas. Dores reumáticas, pulsáteis, em geral de pequenas articulações, que mudam bruscamente de lugar, indo abaixo e acima, mudando de articulação. Rosto inchado. Sangramento de feridas. Tosse, bronquite, coqueluche. Urina com sedimento arenoso. Traumas dos tornozelos. Furúnculos.

Perfil (Criança):
Tem muito medo de castigo porque se julga sempre culpada, sempre vitima, sempre inferior, sempre se exclui da família. Na pratica se autopunem. São frágeis nas articulações, são de mau humor, são respondonas. São frágeis também a picadas de insetos, a infecção das mínimas feridinhas, a sangramentos. Afetivamente estão atrasadas em relação as coleguinhas.

Generalidades
Agrava:
À noite, com calor da cama.
Melhora:
Com frio, após mergulhar os pés em água fria.

Indicações
Quadros Comuns:
A) Capilares – Falta de vitalidade (vigor) mesmo em pessoas corpulentas, desejo de estar em local frio, tendência a hemorroidas, metrorragias e menorragias, hemoptise, equimose, epistaxe, hemorragia ocular. Os distúrbios geralmente estão associados a: artrite, traumatismo e alcoolismo.
B) Ligamentos (9CH) – Tendência a torcer os tornozelos em pessoas corpulentas com falta de vitalidade e culposas. Ligamentos fracos sem elasticidade.
C) Traumatismo – Extravasão de sangue (com equimose), passando de vermelhoazulado a esverdeado (demora a desaparecer). No início há dores seguidas de palidez.
D) Coqueluche (4CH) – Crise de tosse sufocante após o corpo ficar rígido, piorando com calor. Antes da crise pode interromper a respiração. Após a crise tem inspiração dificultada acontecendo na forma de duas respirações (respira uma vez fracamente e completa a inspiração logo em seguida).
E) Erupções (4 ou 5CH) – Na forma de pápulas, com prurido, agravando com calor, principalmente nos tornozelos e pés ou nas partes cobertas, em pessoas fracas (com artrite e uricemia), com corpo frio.
F) Reumatismo (4CH a 9CH) – Dores nas articulações e ao redor, do tipo reumatismo e gota, piorando com: calor, roupas, movimentação, à tarde, à noite. Inchação, palidez, calor ardente, suor quente nas extremidades e na testa. Palma do pé dolorosa, cefaleia (com desejo de ar frio e cabeça descoberta), tristeza. Reumatismo crônico: as dores melhoram com micção (urina com sedimento vermelho), nodosidade, estalo nas articulações, urina ácida. Localização: pé, dorso do pé, joelho, pulso, mão, raque lombar.

Quadros Diversos:
Pessoas com vulnerabilidade constitucional ao reumatismo e a gota. Feridas por instrumento pontudo e que ficam frias.
Mordidas e picadas (1CH). Eczemas (15CH alternando com Rhus 1CH). Feridas no ânus. Dores de reumatismo. Dores que pioram com calor (inclusive da cama). Órgãos genitais femininos sensíveis. Casos crônicos de gota (mãos e pés). Reumatismo que começa nos pés e vai subindo. Eritema com nódulos. Gotas. Equimoses persistentes. Olho escurecido por traumatismo. Espinhas (fronte e face). Miomas uterinos.

Quadros Animais:
Animais com feridas tipo perfuração (arame farpado, espinhos, prego). Feridas mecânicas com bordas azuladas. Articulações afetadas por friagem. Músculos endurecidos. Tétano. Tendência a reumatismo. 4D, 6D, 1CH, 3CH, 5CH.
Atenção:
Usado em drenagens, alcoolismo, antidota os venenos de aranhas e o envenenamento por hera venenosa. Pessoas que se autopunem endurecendo as articulações. Crianças e adultos que somatizaram nas juntas as agressões interpretadas como castigo, rejeição ou feridas morais.

Homeopatias Sucessoras:
Aconitum, Belladona, Bryonia, Chelidonium, Nux vomica, Pulsatilla, Rhus tox, Sulphur, Sulphuricum acidum.

Incompatível:
China. Antídoto: Camphora.

Duração:
30 dias.

Dinamizações:
3CH a 1000C.

Outras Denominações:
Anthos sylvestris, Ledum decumbens, Rosmarinum sylvestre.

Proximidades:
Ruta, Hamamelis, Bellis, Arnica.

Ledum Palustre

Autor: Dr. S. R. Phatak 

Obra:  Matéria Médica Concisa

Generalidades:
Este remédio afeta o tecido fibroso; de JUNTAS esp. pequeno; tornozelos; tendões; saltos e PELE; portanto, pode ser chamado de remédio reumático, onde o reumatismo começa nos pés e sobe. As partes afetadas ficam inchadas e roxas; e depois emacia. O paciente está sempre com frio, as partes afetadas estão frias; ainda avesso ao calor externo. Há uma falta geral de calor vital. Articulações dolorosas, frias e edematosas. Dores lancinantes e dilacerantes. Fraqueza e dormência das partes afetadas. Torpidez de tegumentos esp. após a supressão de descargas dos olhos, ouvidos e nariz. Hemorragias; de sangue brilhante e espumoso. Hidropisia. Petéquias. Tétano com espasmos dos músculos perto da ferida. Efeitos nocivos do álcool, corte de cabelo, descargas suprimidas, feridas perfurantes, ferimentos recentes ou crônicos, mordidas, feridas, contusões. Bêbados. Fluxos de sangue. Abscessos e condições sépticas melhoram pelo frio. Se Ledum for administrado imediatamente após feridas perfuradas, ele previne o tétano. Hypericum quando o tétano se desenvolve. Adapta-se a pacientes puros, pletóricos, robustos ou delicados pálidos.

Mente:
Irritado, sem humor. Insatisfeito, odeia seus semelhantes e evita sua companhia.

Cabeça:
Dor de cabeça intensa e pulsante pior do que cobre. Afetado depois de se molhar. O passo em falso causa concussão no cérebro. Coceira como de piolhos. O sangue ferve na testa.

Olhos:
Injetado ou machucado Lágrimas acre; fazer as pálpebras inferiores e bochechas doloridas. Hemorragia na câmara anterior após iridectomia. Ptose do olho (à direita), por lesão.

Ouvidos:
Dificuldade de audição; como se as orelhas estivessem cheias de algodão pior cortar o cabelo, molhar a cabeça.

Nariz:
Hemorragia nasal persistente; dor no nariz com queimação violenta.

Face:
Manchado. Espinhas vermelhas na testa e bochechas, ardendo quando tocadas. Glândulas submentuais inchadas. Erupções crocantes ao redor do nariz e da boca.

Boca:
Gosto amargo na boca; mofado ao tossir. Fluxo súbito de saliva aquosa, durante cólica.

Estômago:
Náusea ao cuspir.

Reto:
Fissura anal. Hemorróidas cegas.

Urinário:
Muito ácido úrico e areia na urina. A urina geralmente para durante o fluxo. Urina copiosa, clara e incolor, deficiente em sais.

Macho:
Poluições de sêmen sanguíneo ou seroso.

Fêmea:
Sangramento de miomas. Grande frio durante a menstruação, mas deseja ar frio.

Respiratório:
Tosse; atormentando; de cócegas na laringe; com epistaxe; então respiração soluçante, pior, erupções recuando. Dupla inspiração. Hemoptise, alternando com reumatismo; ou coxalgia. Amarelo, purulento, escarro. Peito dói quando tocado.

Pescoço e costas:
Costas rígidas; cãibras; pior levantando-se da sessão. Lumbago.

Extremidades:
Cãibras na articulação do quadril. Pernas e pés inchados e equimóticos. Calcanhares doloridos. Solas doloridas, mal dá para pisar nelas. Tremor das mãos ao movê-las ou agarrar qualquer coisa. Facilmente; entorse de tornozelos. Os pés (dorso) coçam à noite e ficam rígidos pela manhã Bolas dos dedões inchados. Pés presos à terra como por um ímã, ao tentar se mover. Dor no ombro ao levantar o braço.

Febre:
Frieza; de peças; membros piores; com a dor; durante a febre; como se estivesse em água fria. Suor imundo. Suor noturno abundante.

Pele:
Feridas perfuradas; contrai-se; de pregos, picadas, etc. pus fétido. Erupções apenas na parte coberta. Inchaço edematoso. Manchas vermelhas e erupções cutâneas.

Melhora:
Frio; tomando banho; ar. Repondo.

Piora:
Cordialidade; de coberturas, fogão, ar. Ferida. Movimento (articulações). Noite. Ovo. Vinho. Cuspindo.

Relacionado
Arn; Bry; Rus-t; Secale

Ledum Palustre

(Rosmaninho silvestre)

Autor: Sr Nilo Cairo

Obra:  Guia de Medicina Homeopática

Sinonímia:
Anthos sylvestris, Ledum decumbens e Rosmarinum sylveotre. Pertence às Ericaceae. Constituições reumáticas e gotosas. Equimoses por queda ou traumatismo. Feridas por instrumento picante: particularmente se as partes feridas estão frias. Mordeduras ou picadas de inseíos, sobretudo de mosquitos — 1.ª din.
Eczemas — 15.ª din. alternado com Rhus l.a. Hemoptises; metrorragias. Fendas do ânus. Dores reumatismais começando pêlos pés, indo de baixo para cima, com as articulações inchadas, mas com a pele que as recobre de aspecto pálido. Dores agravadas à noite, pelo calor da cama e cobertas, e melhoradas pelo frio. Órgãos genitais femininos sensíveis. Gota crônica, especialmente das pequenas articulações das mãos ou dos pés; com tendência à formação de nódulos nas articulações; alternado com China, ambos na 3.ª din. Muito frio e falta geral de calor do corpo. Reumatismo das pequenas articulações, comepando tios pés e subindo; tornozelo inchado. Excelente remédio para o eritema nodoso com dores reumáticas. Pior à noite pelo movimento e pelo calor da cama, aliviado pelo banho frio. Equimoses que persistem por muito tempo depois de machucaduras. olho negro devido a um soco. Espinhas da fronte e das faces. Fendas do ânus.

Ponto de Weihe:
Linha axilar média, 2.° espaço intercostal à esquerda.

Remédios que lhe seguem bem:
Aconit., Bellad., Bryo-n., Chelid., Nux, Puls., Rhus, Sulph. e Sulph. acid.

Inimigos:
China.

Antídotos:
Camphora.

Duração:
30 dias.

Dose:
3.ª à 30.ª 60.ª 100.% 200.ª 500.ª e 1.000.%

Uso externo:
Suas primeiras aplicações externas em Homeopatia as devemos ao DR. TESTE, célebre médico homeopata francês. “Um fato extremamente notável — disse ele — e a ser eu o primeiro a assinalar, é que o Ledum é para as feridas por instrumento perfurante o que a Arnica é para as contusões e que sua ação se exerce especialmente sobre as partes do corpo em que falta o tecido celular, e que são secas e resistentes.” Assim, ele usou com sucesso a tintura de Ledum no curativo do panarício traumático por picadas de agulha ou insetos; nas feridas dos dedos da mão e do pé, nas picadas e mordeduras de insetos (mosquitos, abelhas, marimbondos, aranhas, etc.), cães, gatos, ratos e cavalos; nos ferimentos estreitos e profundos, como pregos enterrados nos pés, lasca de osso ou de madeira enterrada nas mãos ou nos dedos; enfim no traumatismo do olho, por exemplo, produzido por um soco sobre a órbita, que deixa todo o olho roxo. Pode-se também usar o Ledum exteriormente contra as artrites gotosas e nodulosas das extremidades e as erupções cutâneas picantes, furúnculos, contusões, herpes, etc. Emprega-se uma solução de l parte da tintura para 20 de água fervida morna em compressas sobre a parte afetada ou em pomada.’

logo-naturoergos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar Artigos
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Buscar por Autor

Veja mais Artigos